As notícias negativas e os empresários

Diariamente somos bombardeados por informações de todo tipo. Ultimamente, diante de um cenário econômico tão instável, muitos empresários ficam perplexos e quase congelados, preocupados com o dia de amanhã. Uma pequena história ilustra bem esse fato. 

 

Segundo as Leis da Aerodinâmica, o besouro não poderia voar. Suas linhas e contornos, associados a um corpo robusto ligados a pequenas asas, confirmam a lógica de que é impossível ele voar….Mas o mais incrível: ele voa, e voa muito bem, por longas distâncias. A questão é simples: ele voa porque ninguém disse e ele nunca ouviu que não pode voar – por isso, ele simplesmente voa, ignorando todas as teorias físicas contrárias a isso.

 

No mundo dos negócios não deve ser diferente – enquanto o empresário ficar ouvindo más notícias e por conta disso travar suas ações com medo de algo que siquer conhece, os resultados poderão ser catastróficos. Não estamos dizendo que não se deve ter prudência e tampouco que se deve ficar alheio às coisas que nos rodeiam.

 

Apenas estamos dizendo que o foco não deve ser a má notícia – e sim as vantagens que se pode tirar disso. Enquanto o besouro não souber que não pode voar, voará.

Enquanto o empresário não ficar focado na má notícia, crescerá! Esse é o segredo.

Alguém já disse, que em tempos de crise, uns choram e outros vendem lenços.

 

Fale com a ForEx e descubra como fazer parte desse time vencedor!


Soluções para o seu negócio!

Muitos são os fornecedores de máquinas para processamento de sacolas de papel. Geralmente são máquinas chinesas e como são fabricadas lá fora, são comercializadas aqui no Brasil sem qualquer adequação às nossas peculiaridades. Por conta disso, os problemas podem ser maiores que a solução adquirida e, em alguns casos, as máquinas são abandonadas por falta de mão de obra ou recursos técnicos capazes de torná-las produtivas.

 

A ForEx aprendeu isso muito cedo. Nossos profissionais especializados na produção de sacolas de papel viram a necessidade de mudar esse quadro e para isso pesquisou muito até achar Fabricantes dispostos a aceitar o desafio de fabricar máquinas com a CARA BRASIL.

 

Veja algumas questões tratadas com nossos Fabricantes de soluções para embalagens:

 

  1. Normas de Segurança
    Quesito fundamental à Legislação Trabalhista vigente, as máquinas recebem identificação dentro da NR-10 e NR-12 para garantir a segurança dos operadores.

     

  2. Níveis de Ruído
    São utilizados recursos que diminuem sensivelmente o ruído dos motores e bombas de pressão.

     

  3. Altura dos equipamentos
    Os orientais são, em média, menoresque os brasileiros. Pensamos nisso também e adequamos à altura das máquinas à média da altura dos brasileiros, evitando dores nas costas e outros problemas de saúde.

     

  4. Formatos
    Os equipamentos receberam diversos recursos para facilitar a colagem de sacolas conforme o tipo de faca.

     

  5. SETUP (acerto das máquinas)
    Uma das maiores dificuldades das máquinas de dobra e colagem de sacolas é com relação ao SETUP dos equipamentos. Normalmente, são complexos, demorados e acabam gerando uma considerável perda de materiais (folhas) até se conseguir os posicionamentos corretos.

    Os nossos equipamentos receberam várias implementações nesse sentido, utilizando uma estrutura limpa e fácil de acertar – além disso, possuem um painel digital touch-screen que permite uma programação rápida do sistema coleiro, agilizando sobremaneira o acerto das máquinas.

     

  6.  Sistema coleiro
    Foram implementados recursos de ajustes finos que propiciam uma colagem precisa e com baixo consumo de cola. 

 

Além dessas implementações, dezenas de outras foram feitas para tornar as máquinas altamente produtivas, de fácil aprendizado e de manutenção baixa.

 

Consute-nos para outros detalhes.

 


Empreendedores

O brasileiro é empreendedor por natureza. Está sempre buscando formas novas de fazer negócio, de criar novas oportunidades para sí e para os outros. Entretanto, quando olhamos as estatísticas de empreendedorismo de sucesso, constatamos que muitos que se aventuram por esse universo acabam ficando no meio do caminho. Aí a pergunta é inevitável: por quê?

 

Cremos firmememente que as principais razões são: o despreparo técnicoemocional e financeiro. Esses 3 elementos são a base de todo o sucesso já que os dados não mentem: mais de 50% dos novos empreendimentos fracassam nos 2 primeiros anos de atuação.

 

 Veja as principais diferenças entre ser empresário e ser empreendedor:

 

EMPREENDEDOR:

  • É o pai da idéia
  • Tem boa criatividade
  • É inovador
  • Enxerga objetivos com clareza
  • Identifica oportunidades
  • Sabe montar um projeto

 

EMPRESÁRIO:

  • É sinônimo de prudência e cautela
  • Limita-se a administrar a companhia
  • É conservador
  • Não é receptivo à mudanças bruscas
  • É equilibrado em suas decisões

 

O Empreendedor é o pai da idéia de um novo negócio. O Empresário precisa perpetuar essa idéia ao longo do tempo – E aqui está o segredo: ser empreendedor e ser empresário requer conhecimento e busca constante de informações – nós estamos aqui exatamente para isso!

 

Conciliar a figura dos dois perfis numa única pessoa é uma tarefa que exige grande habilidade e requer uma conduta disciplinada, obstinada por resultados positivos e determinada naquilo que busca no mercado. 

 

Por isso existimos! Apresentamos conceitos simples que podem fazer toda a diferença. Apesar de serem simples, encerram em seus conteúdos grande conhecimento técnico e científico, preparando o empreendedor para ser um verdadeiro empresário. 

 

Não corra o risco de jogar a sua idéia fora! Fale com quem pode realmente ajudá-lo a tornar uma idéia num grande negócio durante muito, muito tempo.